Florestas plantadas: o Brasil precisa de uma proposta feita com o setor privado, afirma ministro

Submitted by: Priscilla Perniciotti 08/08/2014

O Ministério da Agricultura divulgou que investimentos em pesquisa, assistência técnica e extensão rural, além de crédito exclusivo para fomentar a prática, estão entre as ações previstas para compor a Política Nacional de Florestas Plantadas. O texto com todos os tópicos completos deve ser instituído em breve pelo governo federal. 

Atualmente, os financiamentos para o plantio de florestas comerciais é feito pelo programa ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono). As taxas de juros variam entre 4,5% e 5%, com limite de empréstimo de até R$ 3 milhões por beneficiário e prazo de pagamento de 15 anos, sendo seis de carência.

De acordo com ministério, a prática comercial da plantação de florestas movimenta cerca de R$ 50 bilhões ao ano no Brasil. Eucaliptos, pinus e teca, no total possuem uma área plantada de 6,6 milhões de hectares. Ao todo, o setor emprega 4,7 milhões de pessoas de forma direta, indireta ou por causa do efeito renda.

Em comunicado oficial, o ministro da Agricultura, Neri Geller, informou que o país precisa de uma proposta construída com setor privado. "Ou seja, uma agenda positiva que traga segurança e fomento para o setor", disse.
 


Fonte: Celulose Online